VEXAME E VERGONHA; Sport perde e está fora da Copa do Brasil;

ADAURY VELOSO;

Desastrosa. Assim pode ser definida a estreia do Sport na Copa do Brasil. Em noite de vários gols perdidos e até falha do ídolo Magrão, o Leão foi derrotado por 3×0 para o Tombense, nesta quarta-feira (13), no Almeidão, e está fora da competição nacional, deixando de faturar R$ 625 mil que seriam pagos ao Leão pela classificação que não veio. Com o prejuízo, os rubro-negros ficam agora com o Campeonato Pernambucano e com oBrasileiro da Série B no restante do calendário deste ano.

Dentro de campo, um Sport superior do começo ao fim na primeira etapa, mas pecando nas finalizações. Em noite pouco inspirada, Hernane Brocador perdeu duas grandes oportunidades. Na escalação, Milton Cruz surpreendeu ao optar por Kaio no lugar de Leandrinho. Com a mudança, o Leão ganhou em poder de marcação.

Com apenas nove minutos de jogo, Guilherme, o melhor do ataque rubro-negro, deixou Hernane Brocador na cara do gol. O atacante limpou o zagueiro e chutou rasteiro para a defesa de Felipe com as pernas, perdendo grande oportunidade.

Mandando na partida, os pernambucanos quase abriram o placar aos 22 minutos, mas Hernane Brocador perdeu mais um, cabeceando para fora após belo cruzamento de Sander. Para completar o massacre leonino, um minuto depois foi a vez de Ezequielquase chegar ao gol, acertando a trave de Felipe. Com tantos gols perdidos, o castigo leonino veio da forma mais cruel.

Aos 31 minutos, Ewerton fez boa jogada pela esquerda e mandou uma bomba, Magrão defendeu no susto e soltou para o meio. Sozinho, Juan chegou apenas escorando para fazer 1×0 para os donos da casa. Na tentativa de resposta, Guilherme e Charles deram boas finalizações de fora, mas Felipe fez duas boas defesas.

Na segunda etapa, o panorama da partida não mudou, com o Sport martelando e pecando nas finalizações. A primeira delas, como não poderia ser diferente, veio com Hernane Brocador, aos 11 minutos, que chutou por cima após passe de Ezequiel. Aos 15 minutos, Milton Cruz se arriscou de vez colocando os atacantes Élton e Juninho.

E com apenas um minuto, Juninho já teve grande chance para empatar, mas parou no goleiro. Mais uma vez, o castigo veio severo. Aos 25 minutos, Juan chutou cruzado e Magrão falhou, soltando no pé de Denílson, que só escorou e garantiu a classificação mineira. Ainda deu tempo de Marquinhos fechar o placar, em nova falha de Magrão, sacramentando a eliminação dos pernambucanos.

Ficha técnica
Tombense/MG 3
Felipe; David (Bruno Ferreira), Lincoln, Reynaldo e Bruninho; Rodrigo, Trindade, Juan, Éverton (Vander) e Lucas de Sá (Marquinhos); Denílson. Técnico: Ricardo Drubscky.

Sport 0
Magrão, Norberto (Alisson Farias), Rafael Thyere, Adryelson e Sander; Ronaldo, Charles, Ezequiel, Kaio (Juninho) e Guilherme; Hernane Brocador (Élton). Técnico: Milton Cruz.

Local: Antônio Guimarães de Almeida (em Tombos/MG). Árbitro: Jéfferson Ferreira de Moraes (GO). Assistentes: Márcio Soares Maciel e Adaílton Fernando Menezes (ambos de GO). Gols: Juan (aos 31 do 1ºT), Denilson (aos 25 do 2ºT) e Marquinhos (aos 49 do 2ºT). Cartões amarelos: Lincoln (Tombense). Norberto e Élton (Sport). Público e renda: não divulgados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *