Roberto Fernandes pode promover mudanças na defesa ;

ADAURY VELOSO ;

ÁUTICO

Por desgaste físico, Roberto Fernandes pode promover mudanças na defesa contra a Ponte

Treinador alvirrubro reconheceu que alguns jogadores sentiram o cansaço da maratona de jogos no final do clássico contra o Santa Cruz ;

O Náutico segue sendo o time que mais atuou no Brasil em 2018. O empate contra o Santa Cruz foi a 28ª partida do time na temporada, uma média de um jogo a cada três dias. Maratona que começa a cobrar seu preço. Segundo o técnico Roberto Fernandes, alguns atletas sentiram o cansaço nos minutos finais do clássico, o que deve levar o treinador a promovere mudanças na equipe para o próximo compromisso, já na próxima quarta-feira, diante da Ponte Preta, na Arena de Pernambuco, pelo jogo de volta da quarta fase da Copa do Brasil.

Após ser derrotado por 3 a 0 no jogo de ida em Campinas, o Náutico terá que vencer por quatro gols de diferença para avançar às oitavas de final da competição nacional e faturar assim uma cota de R$ 2,4 milhões. O que, em tese, sugere que o time precisará se desgastar ainda mais em campo. Um triunfo por três tentos leva a decisão para os pênaltis.
Na visão de Roberto Fernandes, os jogadores que mais estão sentindo o cansaço com a maratona de jogos são os da primeira linha defensiva. “O goleiro (Bruno), os laterais (Thiago Ennes e Kevyn), os dois zagueiros (Camacho e camuranta) e o primeiro volante (Negretti) jogaram a final do Estadual no domingo, outra decisão na quarta (contra a Ponte) e o clássico. E contra o Santa claramente pesou essa sequência de jogos”, pontuou o comandante timbu, que por isso não descartou mudanças.
“Vai jogar quem estiver melhor. E não melhor tecnicamente, mas na condição de ser competitivo. Vamos colocar em campo quem estiver em condição ideal para tentar reverter esse resultado. A Ponte tem uma boa vantagem, mas no futebol muitas coisas podem acontecer”, afirmou.
Assim, uma possível alteração é o retorno do zagueiro Breno Calixto, que não atua desde o dia 13 de março devido a uma lesão muscular. Contra o Santa Cruz, o defensor já havia ficado no banco de reservas. Da mesma forma, o lateral-esquerdo Tiago Costa, recém-contratado, também pode fazer a sua estreia. O jogador foi outro a ficar na suplência diante dos tricolores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *