Flamengo goleia o Sport no Maracanã e segue líder;

ADAURY VELOSO ;

Rubro-negro carioca desencantou no segundo tempo e chegou aos 34 pontos;

A missão do Sport era difícil. Em seu pior momento na Série A, sem vencer há cinco jogos, o Leão encarou ninguém menos que o líder Flamengo, em um Maracanã lotado, neste domingo (29). A derrota não seria um resultado de outro mundo, mas a goleada carioca por 4 x 1 foi indigesta.

O Sport agora se prepara para enfrentar a Chapecoense, domingo que vem, na Ilha do Retiro, precisando voltar a vencer na competição. O líder Flamengo agora volta as suas atenções para a Copa do Brasil, pois na quarta-feira vai até Porto Alegre encarar o Grêmio ;

O JOGO

Melhor no início, o Flamengo abriu o placar aos 13 minutos. Em cobrança de escanteio, Réver subiu, a zaga até impediu a cabeçada, mas não afastou a bola. O zagueiro então aproveitou e bateu de esquerda no canto de Magrão.

No lance seguinte, aos 19, o goleiro do Sport precisou se esticar todo para impedir que o chute de Cuéllar fosse no ângulo. Aos 28, o Leão chegou com Marlone, entrando na área, e batendo cruzado à esquerda de Diego Alves.

O empate dos pernambucanos saiu de um jogador que veio do banco. Claudio Winck, que substituiu Raul Prata, apareceu dentro da área carioca para desviar de cabeça o cruzamento de Marlone e calar a maior parte do Maracanã.

Porém, logo aos dois minutos da segunda etapa veio o banho de água fria. Em cruzamento na área, Uribe ajeitou de cabeça dentro da área, Ronaldo Alves falhou e a bola sobrou livre para Lucas Paquetá soltar a bomba e deixar o Flamengo de novo na frente.

Aí a coisa desandou. Dois minutos depois, em contra-ataque, Éverton Ribeiro recebeu na direita, deixou Sander no chão e, de fora da área, acertou o ângulo esquerdo de Magrão para fazer 3 x 1.

A superioridade do Flamengo era tanta que até quando o time diminuiu o ritmo, conseguiu chegar ao quarto. E vimos algo que não se vê todo dia: Magrão falhando. Aos 19, Uribe recebeu na entrada da área, matou bonito no peito, mas bateu sem muito força. Porém, o goleiro do Leão errou o tempo da bola, que quicou na sua frente, o encobriu e foi parar nas redes. Depois foi só administrar.

FICHA DE JOGO

Competição: Campeonato Brasileiro da Série A

Local: Maracanã (Rio de Janeiro)

Flamengo: Diego Alves; Rodinei, Réver, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego (Guerrero); Everton Ribeiro (Geuvânio), Marlos (Jean Lucas) e Uribe. Técnico: Mauricio Barbieri

Sport: Magrão; Raul Prata (Claudio Winck), Léo Ortiz, Ronaldo Alves e Sander; Deivid (Ferreira), Felipe Bastos (Carlos Henrique), Gabriel e Michel Bastos; Marlone e Rafael Marques. Técnico: Claudinei Oliveira

Arbitragem: Marcelo Aparecido (SP)

Assistentes: Anderson Coelho (SP) e Bruno Rizo (SP)

Gol: Réver, Lucas Paquetá, Everton Ribeiro e Uribe (FLA); Claudio Winck (SPO)

Cartões amarelos: Léo Duarte (FLA); Raul Prata (SPO)

Público: 58.817

Renda: R$ 1.506.319,60

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *