Com elenco de folga, trio realiza transição no Santa;

ADAURY VELOSO ;

SANTA CRUZ

Com elenco de folga, trio realiza transição no Santa Cruz sem retorno garantido ao time

Allan Vieira, Vítor e Geovani trabalharam sob o comando do preparador físico Cláudio Romão; o primeiro é o que tem mais chances de enfrentar o Náutico ;

Após regenerativo na terça-feira, horas depois do empate com o Salgueiro no dia anterior, o elenco do Santa Cruz recebeu uma folga nesta quarta-feira. Descanso geral que teve algumas pontuais exceções no grupo tricolor. Recuperados de lesões, o lateral direito Vítor, o lateral esquerdo Allan Vieira e o meio-campista Geovani seguiram o nesta tarde o processo de transição com o departamento físico visando à partida da próxima segunda-feira, contra o Náutico, no Arruda.

Apesar de liberado do departamento médico, o trio ainda não tem presença garantida no clássico. De acordo com o diretor médico do clube, Antônio Mário, os três atletas ainda serão reavaliados nos próximos dias a depender de um retorno individual de cada um e de um parecer do próprio departamento físico.
Em contato rápido com a reportagem do Superesportes no intervalo do treino de transição, o preparador físico Cláudio Romão afirmou que dos três, Allan Vieira é o que está em melhor condição, enquanto Vítor dependeria de fato de uma reavaliação, enquanto Geovani dificilmente reunirá condições de enfrentar o Timbu.
Vítor, Valdeir e Allan Vieira saíram lesionados na partida contra o Juazeirense, no Arruda, pela 8ª rodada da Série C. Os dois primeiros sentiram dores na posterior da coxa, mas o caso do meio campista foi pior, pois detectou-se uma lesão de grau dois no músculo – e por isso, ele segue vetado. Já o Geovani estava sem atuar desde o jogo de volta contra o ABC pela Copa do Nordeste, disputado em 22 de maio. Ele também teve uma lesão de grau dois na posterior da coxa, no caso a esquerda, e desfalcou a equipe em três rodadas da Série C.
“Em toda transição, os atletas estão indo porque já estão sem dor. Cumpriram a etapa de repouso, de cicatrização muscular e começam a transição, mas não quer dizer vão imediatamente para o jogo. Vamos ver como estão se comportando se soltando”, disse Antônio Mário, emendando sobre Geovani.
“É o que teve a lesão mais grave, mas é o que está há mais tempo em recuperação.. Estamos dentro do período de entregar ao departamento de transição. Ele não vai direto para bola, vai correr, fazer trabalho físico e se resposta não for de dor, incômodo, ele vai para bola. Mas respeitamos o tempo de todos eles”, afirmou o médico, encerrando sobre Allan Vieira. “Acho que ele volta com certa facilidade.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *